Sua Região

O governo de Rollemberg, em pouco mais de três anos, fez grandes investimentos para melhorar a vida da população e atender suas demandas. Executou obras e ações de infraestrutura, mobilidade, saúde, educação, lazer, esporte e meio-ambiente em todas as regiões administrativas do Distrito Federal. Entregou mais de 63 mil escrituras, 12 mil apartamentos, mais de 500 lotes urbanizados e regularizou 10 condomínios. Fez importantes obras de captação de água e acabou com a crise hídrica. Também fechou o maior lixão da América Latina com responsabilidade e respeito aos catadores de lixo.

Conheça todas as mudanças e os avanços por região administrativa:

Se preferir visualizar as realizações por frentes de atuação, clique aqui.

 

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora em Águas Claras sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

Educação

  • Instalação de três Centros de Educação da Primeira Infância: Cepis Jequitibá (Av. Jequitibá, Lote 935), Macaúba (QS 07, Rua 600, Lote 02) e Rosa-do-Cerrado (QS 07, Lote 10), cada um deles com capacidade de atender 150 crianças de 0 a 5 anos em período integral.
  • Ampliação da Escola Classe Arniqueira, com sala de leitura e banheiros.
  • Manutenção no Centro de Ensino – CAIC: reforma em banheiros e piso da creche.
  • Manutenção Escola Vila Areal: reforma em cobertura, forro, drenagem da quadra poliesportiva, reservatório de água e estacionamento.

Meio ambiente

  • Inauguração da Estação Elevatória de Esgoto Águas Claras, que permite transferir esgoto de Águas Claras e de Vicente Pires para tratamento na estação de Melchior, em Samambaia, além de poupar o Lago Paranoá, que se transformou em importante fonte de abastecimento para a população do DF.
  • Instalação do sistema de captação e reuso da água da chuva para lavagem dos trens do metrô, no Centro Administrativo e Operacional do Metrô.

Urbanização

  • Inauguração da praça da QS 11 e do canteiro central da Avenida Brasília, que receberam obras de revitalização e equipamentos públicos, como ponto de encontro comunitário (PEC), parquinho infantil e quadra poliesportiva.
  • Urbanização Praça Canário.
  • Urbanização da Praça da Estação Arniqueiras.
  • Revitalização do canteiro central da Avenida Brasil – Areal.

Mobilidade

  • Inauguração de quatro viadutos sobre a linha do metrô – onde foram investidos R$ 15.434.743,25 e beneficiou cerca de 160 mil pessoas. Os viadutos interligam os seguintes trechos: 1) as ruas 37 Norte e 37 Sul, 2) as vias internas à Rua Alecrim, 3) as vias internas à Rua Manacá e 4) as Ruas 36 Norte à 36 Sul
  • Aquisição e instalação de placas de endereçamento: Areal, Arniqueiras e ADE.

Saúde

  • Inauguração do primeiro Posto de Vacinação, na Praça Rouxinol, com capacidade para atender diariamente de 90 a 100 pessoas.

Lazer, esporte e qualidade de vida

  • Abertura da Residência Oficial de Águas Claras (Roac Portas Abertas) à visitação pública, uma ação do Programa Brasília Cidadã que proporciona ao visitante conhecer um ambiente histórico mantido em uma área de preservação ambiental e participar de palestras ou oficinas. O local integra o roteiro do turismo cívico da cidade e recebeu mais de 9,2 mil visitantes desde 2016
  • Construção de Parque infantil na ADE e entre as Ruas 30/31 Sul.
  • Implantação de quadra poliesportiva entre as ruas 34/35 Sul.
  • Construção de parque infantil na Estação Concessionária Norte e entre as Ruas 34/35 Sul.
  • Implantação de quadra poliesportiva na praça da entrada principal de Arniqueiras.
  • Inauguração da Praça Tangará (Avenida Jequitibá) e da Praça Tucano (Quadra 107).

Cidades Limpas

  • A edição do programa (entre os dias 14 e 25 de agosto de 2017) proporcionou redução muito significativa nos casos de dengue, zika e chikungunya em Águas Claras, com os seguintes resultados:
  • recolhimento de entulhos: 2.863 toneladas
  • limpeza de bocas de lobo: 176 unidades
  • manutenção de lâmpadas queimadas: 126 unidades
  • imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.712 unidades
  • poda de árvores: 949 unidades
  • tapa-buracos: 97 toneladas
  • recolhimento de carcaças: 39 unidades

Regularização Fundiária

  • Entrega de 24 escrituras

 

EM ANDAMENTO

Mobilidade

  • Construção de ciclovia na rodovia DF-085 (EPTG), do entroncamento com a DF-003 até o entroncamento com a rodovia DF-001 (EPCT), além de calçadas partilhadas, sinalização de dois acessos às cidades e readequação de paradas de ônibus das marginais. Tudo isso num total de 25,7 km de extensão em obras. (Está em andamento pelo DER.)

Urbanização

  • Urbanização da Praça Buriti com a Rua 16 Norte. (Finalizada e está nos últimos acabamentos para inauguração oficial)

Meio Ambiente

  • Instalação de usina minigeradora fotovoltaica de 700 kWp, na sede da Caesb.
  • Licitação da construção de papa-entulho (Avenida Jacarandá Lote 24).

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora em Brazlândia sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

Crise hídrica

  • Construção de 91 tanques lonados na região do Alto Descoberto (previstas ainda outras 180 unidades no 1º semestre/2018). A estrutura é uma espécie de reservatório para água, revestido com lona, que impede a perda de água por infiltração do solo, beneficiando agricultores familiares.

Educação

  • Inauguração de três Centros de Educação da Primeira Infância – Cepis: Aroeira (PIQ 03, Lote 01, Veredas), Sagui (PIQ 02, Lote 02, Veredas), Flamboyant (Área Especial 01, Setor Sul). E ainda em fase de implantação o Cepi Azaleia (Núcleo Rural Incra 06, DCAG DF 180 Km 06). Cada unidade tem capacidade para 150 alunos.
  • Construção de quadra de esporte, pintura, reforma de banheiros e troca de piso, entre outras melhorias, em três escolas: a Escola Classe 5 (486 alunos da educação infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental), a Escola Classe 1 (cerca de 290 alunos nos anos iniciais do Ensino Fundamental) e a Escola Classe Chapadinha (197 alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental).

Saúde

  • Inauguração do Centro de Atenção Psicossocial – Caps (Qd 01 – Veredas), o primeiro equipamento de saúde mental da cidade. A unidade atende pacientes adultos em várias linhas de cuidados da saúde mental e começará a atender crianças até o final do 1º semestre/2018.

Cultura e lazer

  • Inauguração do Polo de Arte e Cultura.
  • Reinauguração da Praça Central do Incra 8.

Mobilidade

  • Pavimentação da rodovia vicinal VC-533, entroncamento BR-080 (Brazlândia) – Divisa DF/GO (Padre Lúcio) e construção de ponte sobre o Rio Descoberto, uma antiga reivindicação da população. O obra dá maior vazão ao trânsito entre Brazlândia e Águas Lindas.
  • Restauração de trecho de mais de 8 km entre os entroncamentos das DF-095 (EPCL) e da BR-080 (caminhos para Brazlândia).

Urbanização

  • Instalação de iluminação pública em vários pontos da área rural (Curralinho, VC-505 e DF-206, Setor Rural Almécegas, Núcleo Rural Bela Vista/Cascalheira, Quadra 39 da Vila São José, o acesso à Pedra Preta, nas proximidades da Escola Classe Chapadinha e na via lateral à BR-080).

Na Hora

  • Inauguração de posto do Na Hora (Lote 3 da Área 4 do Setor Tradicional), o primeiro desse tipo na região e atende a uma antiga reivindicação da comunidade.

Escrituras

  • Entrega de 512 escrituras

Cidades Limpas

  • Duas edições do programa produziram os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.861 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 26 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 180 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 7.999 unidades
    • Poda de árvores: 1.136 unidades
    • Tapa-buraco: 73,62 toneladas

Restaurante Comunitário

  • No período de 2015 a 2018, foram servidas 1.147.210 refeições no Restaurante Comunitário de Brazlândia, nas tarifas regular e reduzida.

E mais

  • Lançado o projeto Agefis nas Escolas na Escola Classe 1, do Incra 8, para incentivar o engajamento do cidadão mirim na fiscalização.
  • Construção de papa-entulho (Setor Norte AE 2N Lt M) e outro em construção (Lt S/n).
  • Reforma do Conselho Tutelar (Quadra 24, Lotes 6/7, Setor Tradicional).
  • Inauguração do 7° Grupamento de Bombeiro Militar.

Saúde

  • Duplicação do Banco de Leite Humano do Hospital Regional de Brazlândia. Atualmente, essa unidade atende em média mensal 55 crianças e recebe 44 litros por mês.

EM ANDAMENTO

Lazer e qualidade de vida

  • Revitalização do Balneário Veredinha (previsão de conclusão para o 2º semestre/2018), com instalação de iluminação, sinalização viária, circuito inteligente para a terceira idade, espelho d’água, churrasqueiras, quadra poliesportiva coberta, salão de eventos, centro de múltiplas atividades e pontos de encontros comunitários.
  • Limpeza de bacias de drenagem do Balneário Veredinha. Investimento de R$ 218.973,46.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas histórias da população. Você que mora na Candangolândia sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

Lazer, qualidade de vida e inclusão social

  • Revitalização do Centro Comunitário da Candangolândia, que recebe cerca de 400 moradores/mês. O espaço é utilizado para aulas de capoeira, ginástica e judô, além de serviços terapêuticos como acupuntura e homeopatia.
  • Instalação do Centro Multifuncional de Acessibilidade no Zoológico de Brasília, local onde são acolhidas pessoas com deficiência e encaminhadas aos projetos de inclusão, como o Zoo Especial, que contempla visitas orientadas para grupos de pessoas com algum tipo de deficiência, mediante o contato físico com animais vivos e taxidermizados. Foram realizados 1.984 atendimentos nos anos de 2016 e 2017.
  • Reformulação do projeto Zoo com Vivência para proporcionar às pessoas idosas um contato mais próximo com a natureza, aliado à prática de atividades físicas e recreativas. Foram realizados 776 atendimentos nos anos de 2016 e 2017.

Escrituras

  • Entrega de 216 escrituras, trazendo tranquilidade e segurança jurídica aos moradores.

Cidades Limpas

  • Execução de Operação Bota Fora Entulho, coordenada pela Secretaria das Cidades, para recolher materiais inservíveis e limpar a região, bem como erradicar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.
  • O programa Cidades Limpas fez uma edição englobando Núcleo Bandeirante, Park Way e Candangolândia, com os seguintes resultados:
    • Período: de 23 de outubro a 10 de novembro de 2017
    • Recolhimento de entulhos: 4.500 toneladas
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 66 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 4.040 unidades
    • Poda de árvores: 480 unidades
    • Tapa-buraco: 24,48 toneladas 

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora em Ceilândia sabe o quanto essas mudanças impactaram na sua vida:

CATADORES E RESÍDUOS

  • Abertura da Central de Triagem (SMC Quadra 8 Lote 4,5,6 e 7) para abrigar catadores de materiais reciclados que atuavam no Lixão da Estrutural
  • Instalação de cinco papa-lixos no Pôr do Sol (estão previstos outros 6), garantindo a coleta regular de resíduos em pontos de difícil acesso a caminhões de coleta.

SAÚDE

  • Inauguração da Unidade Básica de Saúde 17 (EQNP 16/20, no Setor P Sul) permitirá atingir 100% de cobertura no Pôr do Sol na Estratégia Saúde da Família

EDUCAÇÃO

  • Inauguração de três centros de Educação da Primeira Infância, os Cepis Capim-Dourado (QNO 10, Área Especial A), Jasmim (QNO 12, Área Especial G) e Sempre-Viva (QNQ 03, Lote B). Cada unidade é equipada com 8 salas de aula, 3 blocos pedagógicos, pátio coberto, anfiteatro e parquinho parar atender 150 crianças de 0 a 5 anos em período integral.
  • Reconstrução do Centro Educacional 07
  • Inauguração da Escola Classe 68: a pedido da comunidade, trocou-se projeto de albergue na área por colégio com 27 salas para atender inicialmente 500 alunos da educação infantil e dos três primeiros anos do ensino fundamental
  • Entrega de quadra poliesportiva coberta na Escola Classe 38, uma escola inclusiva com mais de mil alunos da educação infantil ao 5.º ano do ensino fundamental

MOBILIDADE

  • Inauguração da Estação Solar Guariroba: a primeira da América Latina a usar placas de energia solar e a primeira unidade do metrô de Brasília a ser autossuficiente (produz toda a energia que consome, com a instalação de 578 painéis). No mundo, apenas estações de Milão (Itália), Nova Deli (Índia) e Nova Iorque (EUA) adotaram a mesma tecnologia.
  • Construção de um terminal de ônibus (Quadra 02 Lote 01, na QNR) e reforma de outro terminal (QNP 24, no P Sul), que oferecem aos passageiros plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade.

CULTURA

  • CEU das Artes na QNM 28: há muitos anos, Ceilândia lutava por um cinema público, um teatro público. Os moradores agora têm acesso a esses dois equipamentos, além de quadras esportivas, num só endereço. A unidade com 7 mil metros oferecerá aulas de ginástica, teatro e música aos moradores.
  • Revitalização da Casa do Artesão: resgate de um ponto tradicional de Ceilândia, com exposição de trabalhos de cerca de 300 artesãos.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Regularização de mais três igrejas em Ceilândia garante tranquilidade e segurança jurídica a esses estabelecimentos
  • Entrega de 9.473 escrituras, completando o sonho de quem veio a Ceilândia há mais de 30 anos. A escritura é uma possibilidade de deixar a casa para os filhos e os netos, de usar o bem como garantia para fazer um empréstimo

CIDADES LIMPAS

  • Realização de duas edições do programa Cidades Limpas em Ceilândia, de 19 a 23 de dezembro de 2016 e de 20 a 31 de março de 2017, que produziram os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 9.022 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 173 unidades
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 2.405 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 7.529 unidades
  • Poda de árvores: 717 unidades
  • Tapa buraco: 3.760 toneladas
  • Recolhimento de carcaças: 5 unidades

FEIRAS e AUTOMÓVEIS

  • Construção de trecho da rede de esgoto da Feira do Produtor
  • Reforma de todo o sistema de esgoto e do telhado lateral da Feira da Guariroba
  • Conclusão do Relatório de Impacto de Vizinhança, obrigatório para o licenciamento ambiental de melhorias do Polo de Automóveis do Setor O, cuja revitalização é uma antiga demanda dos empresários.

ESPORTE e LAZER

  • Construção de campos sintéticos society, espaços para competições esportivas e lazer dos moradores, na EQNN 24/26, na QNP 05 e na QNO5/7
  • Cobertura de quadras poliesportivas do Centro Especial nº 01, do Centro de Ensino Fundamental 10, da Escola Classe 01 e do Centro de Ensino Especial 2
  • Cobertura da Academia Popular da QNM 10 e substituição de todo o piso e reforma de equipamentos
  • Reforma da quadra poliesportiva e do parquinho localizado no Privê
  • Instalação de 03 PEC – ponto de encontro comunitário EQNN 18/20, QNO 20 e EQNP 08/12 e construção de calçadas com acessibilidade
  • Implantação de ponto de encontro comunitário/academia para cadeirantes na EQNP 10/14
  • Urbanização na EQNM 5/7, EQNM 4/6 e EQNP 6/10, com a implantação de ponto de encontro comunitário – PEC, parque infantil, construção de calçadas e urbanização de praças, entre outros
  • Construção de campo sintético society na QNO 5/7, implantação de parque infantil e de ponto de encontro comunitário – PEC, construção de calçadas, bicicletário, estacionamento

ILUMINAÇÃO

  • Iluminação da QNP 05
  • Iluminação da quadra e campo sintético da QNP 15(instalação de 6 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas)
  • Iluminação do campo sintético da EQNN 24/26 (instalação de 6 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas)
  • Iluminação Feira do Produtor (instalação de 20 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas)
  • Iluminação Córrego das Corujas (instalação de 20 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas)
  • Iluminação da escola rural do Incra 9 (instalação de 6 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas)
  • Iluminação QNN 20/22 (instalação de 6 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas)
  • Iluminação QNN 14 (instalação de 4 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas)
  • Iluminação QNN 01/03 (instalação de 8 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas)
  • Iluminação – QNP 06/10 – PEC e Área Verde P SUL (instalação de 8 postes de 16mts com luminárias de 400w 2 pétalas)
  • Iluminação – QNP 08/12 – PEC e Área Verde P SUL (instalação de 8 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas)
  • Iluminação – QNP 28, em volta do terminal rodoviário do P SUL (instalação de 7 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas)
  • Iluminação – CNN 01 – Receita Federal (instalação de 6 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas
  • Iluminação – QNN 13 – travessia Metrô (instalação de 7 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas e 1 poste de 1 pétala)
  • Iluminação – DF 180, acesso ao Condomínio Bela Vista Incra 09 Gleba 4 (instalação de 13 postes de aço, curvos simples de 7,5mts com luminária e lâmpada de 150W)
  • Iluminação – Incra 09 Gleba 04 BR-070 (instalação de 49 postes de aço, curvos simples de 7,5mts com luminária e lâmpada de 150W e 9 brações com luminária)
  • Iluminação – Incra 07 Gleba 03 (Rua Coca Cola) (instalação de 54 postes de aço, curvos simples de 7,5mts com luminária e lâmpada de 150W e 0 brações com luminária)
  • Iluminação – QNN 26 Conjunto A Área Verde Ceilândia Sul (instalação de 8 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas)
  • Iluminação – QNN 29 e QNN 31 Via N3 frente SLU e Iesb – (instalação de 13 braços com luminária e lâmpada de 250W)
  • Iluminação – Incra 7 Gleba 3, Chácara 3/ 367 (instalação de 30 postes de aço, curvos simples de 7,5mts com luminária e lâmpada de 150W)
  • Iluminação – QNP 11/15 (instalação de 4 postes de 16mts com luminárias de 400W 4 pétalas e 3 postes com 2 pétalas)

EM ANDAMENTO

  • Construções de duas Unidade Básica de Saúde – UBS (na QNR 02 e na EQNO 17/18), onde serão prestados serviços de atendimento médico, enfermagem, odontológico, vacinação, curativos, entrega de medicamentos, entre outros.
  • Contratação das obras remanescentes do Centro de Educação da Primeira Infância – Cepi Papagaio (EQNP 06/10, Área Especial), com capacidade de atendimento de até 150 crianças de 0 a 5 anos em período integral.
  • Reformas em diversas feiras que consistem em pontos de encontro e de geração de renda: Feira Central, Feira dos Artesãos, Feira do Produtor, Feira da Guariroba e Feira do P Norte
  • Revitalização, urbanização e troca da estrutura metálica do telhado do Shopping Popular
  • Construção do Centro de Artes e Esportes Unificados – CEU das Artes (QNR 02). O espaço possui 3.000 m² e ofertará atividades esportivas e culturais para toda a comunidade. O equipamento contará com quadra poliesportiva coberta, biblioteca, salas multiuso, telecentro, pista de skate, anfiteatro, parque infantil, sala para Centro de Convivência e vestiários.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora no Cruzeiro, Sudoeste, Octogonal sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

EDUCAÇÃO

  • Inauguração do Jardim de Infância 02 (Quadra 805 – Cruzeiro Novo), com capacidade de atendimento a 168 crianças de 4 e 5 anos.

MOBILIDADE

  • Reforma do Terminal de Ônibus do Cruzeiro Novo incluiu construção das plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade e iluminação.
  • Construção de abrigos de passageiros na Primeira Avenida do Sudoeste, um pedido antigo de moradores e comerciantes do local

CIDADES LIMPAS

  • Cidades Limpas passou por Cruzeiro, Sudoeste e Octogonal, com os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 1.667 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 1 unidade
  • Poda de árvores: 1.106 unidades
  • Tapa-buracos: 28,31 toneladas de massa asfáltica

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora na Estrutural sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

RESÍDUOS

  • Fim do lixão da Estrutural, o segundo maior lixão do mundo, é um salto civilizatório em Brasília. Instalado a menos de 20 km do centro político e administrativo do país, o lixão foi palco de todo tipo de atentado à dignidade humana por muitos anos.
  • Abertura da Central de Triagem SCIA (Quadra 10), onde catadores de materiais recicláveis que atuavam no Lixão da Estrutural trabalham com dignidade
  • Instalação de cinco papa-lixos (estão previstos outros quatro)

SERVIÇOS PÚBLICOS

  • Inauguração da primeira agência do BRB, na data de comemoração de aniversário de 15 anos da Estrutural
  • Inauguração de posto do Procon na Estrutural

EDUCAÇÃO

  • Reabertura da “Escola do Gás”, unidade que estava fechada desde maio de 2012 por causa de vazamento de gás metano. No ano letivo de 2017, os mais de mil alunos puderam voltar a estudar mais perto de casa, porque o governo instalou filtros de ar na escola
  • Inauguração do Centro de Ensino 03 da Estrutural

CULTURA

  • Reforma do Centro de Cultura (Setor Central, área especial 9) e cercamento do Galpão de Artesanato (Setor Oeste Quadra 1). Investimento total: R$ 139,4 mil

ILUMINAÇÃO

  • Substituição de conjunto de luminárias e lâmpadas para LED no setor tradicional da Estrutural. Investimentos: R$ 436,2 mil
  • Substituição de rede monofásica por trifásica nas chácaras do Cabeceira do Valo. Investimentos: R$ 158,1 mil

ENERGIA SOLAR

  • Inauguração de sistema de captação de energia solar na sede da Fábrica Social (composto por 18 placas fotovoltaicas)

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de 2.843 escrituras, trazendo tranquilidade e segurança jurídica aos moradores

CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas passou pela Estrutural no período de 23 a 27 de janeiro de 2017, com os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 885 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 10 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 68 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.778 unidades
    • Poda de árvores: 219 unidades
    • Tapa-buraco: 10 toneladas

EM ANDAMENTO

  • Construção da Feira Permanente da Estrutural, com cobertura (211 boxes em uma área de 2,5 mil metros quadrados), uma antiga demanda da comunidade.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora na Fercal sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

Mobilidade, lazer e esporte

  • Reforma de três pontes que servem como escoamento da produção local, DF-205 Oeste e Leste.
  • Recuperação do campo de grama sintética do Complexo Esportivo do Alto da Bela Vista.

Educação

  • Inauguração do Centro de Ensino Fundamental Queima-Lençol, uma reivindicação de 12 anos da comunidade. Quase 700 alunos que estudavam em um prédio temporário em Sobradinho II passaram a estudar perto de casa.
  • Substituição de mesas e cadeiras de todas as escolas da Fercal, o que proporcionou conforto e segurança aos alunos.

Meio Ambiente

  • Criado o Refúgio de Vida Silvestre da Mata Seca (Decreto nº 36.497/2015), para preservar os ecossistemas naturais e consolidar corredores ecológicos para animais típicos da região.

Cidades Limpas

  • O programa realizou operação na Fercal e em Sobradinho II, de 3 a 13 de abril de 2017, com os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 4.448 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 75 unidades
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 167 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.701 unidades
  • Poda de árvores: 517 unidades
  • Tapa-buraco: 56,37 toneladas
  • Reformado o Conselho Tutelar da Fercal (DF 150, Km 12, Quadra 11, Casa 14, Engenho Velho).

EM ANDAMENTO

Saúde

  • Em construção: Unidade Básica de Saúde – UBS na DF-205, km 19 (previsão de conclusão no 1º semestre/2018), onde quatro equipes de Saúde da Família e duas equipes de Saúde Bucal atenderão até 15.000 pessoas.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora no Gama sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

SAÚDE

  • Inauguração da Farmácia de Alto Custo do Gama, com mais de 5 mil usuários cadastrados e média de distribuição de 200 atendimentos por dia
  • Reforma da Unidade de Cardiologia no Hospital do Gama

CRISE HÍDRICA

  • Reabilitada a captação do Alagado, obra emergencial para enfrentar a crise hídrica: 20 litros de água por segundo, beneficiando cerca de 16.000 moradores da região
  • Instalação do sistema de abastecimento de água no Setor Oeste (Quadra 19)

 EDUCAÇÃO

  • Inauguração do Jardim de Infância 06 (EQ 27/17 AE, Setor Oeste), com capacidade de atendimento a 360 crianças de 3 a 5 anos.

MOBILIDADE

  • Construção de duas pontes sobre o Córrego Maracanã, na vicinal 383, e sobre o Rio Ponte Alta, na vicinal 381, atendendo antiga reivindicação de quem necessitava transitar entre o Gama e o Jardim Serra Dourada, no município goiano de Santo Antônio do Descoberto. Investimento: R$ 1,03 milhão
  • Construção de ponte sobre o Córrego Alagado na DF-290
  • Inauguração do terminal de ônibus urbano no Setor Sul, após construção das plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade
  • Pavimentação da marginal da DF-480

SEGURANÇA

  • Construção de galpão na Penitenciária Feminina do Distrito Federal – PFDF, com capacidade para receber 300 internas em oficinas de capacitação profissional

REFORMA

  • Reforma do Conselho Tutelar do Gama (EQ 12/13 Área Especial – Praça Central Setor – Oeste (antigo Castelinho)

ILUMINAÇÃO

  • Iluminação pública: instalação de 107 postes ao longo de 5 km da Marginal da DF-480, entre o Balão do Periquito e a entrada do Gama, melhorando a iluminação da região e proporcionando mais segurança aos motoristas e pedestres.
  • Ampliação da iluminação pública na Rua Chiara – Ponte Alta Norte

RESÍDUOS

  • Construção de papa-entulho (Av. Contorno Norte Lote 2)

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de 488 escrituras, trazendo tranquilidade e segurança jurídica aos moradores

CIDADES LIMPAS

  • Duas edições do Cidades Limpas (de 7 a 18 de novembro de 2016 e de 27 de novembro a 8 de dezembro de 2017), com os seguintes resultados:
  1. Recolhimento de entulhos: 8.498,58 toneladas
  2. Limpeza de boca de lobo: 90 unidades
  3. Manutenção de lâmpadas queimadas: 201 unidades
  4. Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 10.110 unidades
  5. Poda de árvores: 1.593 unidades
  6. Tapa-buraco: 157,63 toneladas de massa asfáltica

 

ESPORTE E LAZER

  • Inauguração do campo sintético no Engenho das Lajes
  • Construção do campo de grama sintética da E/Q 21/24 Setor Oeste
  • Revitalização do Parque Urbano e Vivencial do Gama, com construção de campo de futebol de grama sintética, quadra poliesportiva, ciclovia e guarita.
  • Revitalização da Praça Lourival Bandeira, espaço tão importante e tão simbólico para a comunidade do Gama, e construção de praça na quadra 01 do Setor Norte
  • Restauração do Parque Infantil do Setor Oeste, na Praça do Castelinho: local que tinha sido palco de eventos culturais da cidade estava esquecido e sofria com degradação e abandono, além de ser ponto de consumo de drogas.

EM ANDAMENTO

  • Construção de Unidade Socioeducativa Feminina do Gama, localizada na Área Especial nº 2 – Gama, com capacidade para 54 adolescentes, (previsão de inauguração no 2º semestre/2018)
  • Urbanização das Avenida dos Pioneiros, seguindo padrões de acessibilidade e diretrizes urbanísticas, pondo ordem no caos existente de carros em cima de calçadas e na entrada de lojas e residências.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Guará sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

EDUCAÇÃO

  • Inauguração da Escola Técnica do Guará, projeto piloto de um modelo pedagógico inovador no ensino médio a ser replicado em outras regiões do DF. Garantia de educação técnica e regular em tempo integral, com lógica de universidade. Os próprios alunos escolhem curso de preferência (enfermagem, computação gráfica, robótica, produção de moda)

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Desocupação do Parque Ecológico Ezechias Heringer
  • Entrega de 442 escrituras, trazendo segurança jurídica aos moradores

MOBILIDADE

  • Reforma de dois terminais de ônibus (área especial 10, no Guará II e na QI 12, no Guará I)

RESÍDUOS

  • Construção de papa-entulho (SRIA II QE 25 AE 1 Cave)

ILUMINAÇÃO

  • Reforço de iluminação entre Quadras 30/32 32/34 34/36

SOCIAL

  • Reforma do Centro de Convivência do Idoso do Guará (pintura, telhas novas, corrimões, banheiros consertados e outros benefícios)

CIDADES LIMPAS

  • Uma edição do programa Cidades Limpas (de 26 de abril a 5 de maio de 2017) produziu os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 2.102 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 161 unidades
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 30 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.957 unidades
  • Poda de árvores: 526 unidades
  • Tapa-buraco: 7 toneladas
  • Recolhimento de carcaças: 20 unidades

EM ANDAMENTO

  • Reforma e revitalização do Estádio Cave
  • Parceria público-privada para a gestão do Complexo Esportivo do Guará: publicado, em março/2018, o edital de licitação para concessão do Kartódromo Ayrton Senna. O futuro concessionário deverá investir cerca de R$ 13,9 milhões na revitalização do espaço
  • Unidade Básica de Saúde UBS Guará (QE 38 do Guará II), conhecida como Centro de Saúde nº 03 do Guará, em fase de conclusão de projetos para reforma. Início da obra previsto para o 2º semestre/2018

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Itapoã sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

MOBILIDADE

  • Asfaltamento da Via Marginal da DF-250, além de instalação de estacionamentos e meios-fios e plantio de grama
  • Realizadas obras de organização viária nas vias de acesso ao Itapoã, nas DF-250 – entrada do Murão; DF-001 (entrada do Itapoa I), em parceria com o Departamento de Estradas e Rodagens (DER).
  • Recuperação de vias urbanas, com recapeamento asfáltico, tapa-buraco, drenagem e sinalização, entre outros.

ESPORTE E LAZER

  • Construção de vestiários e banheiros da quadra coberta do Itapoã e instalação de um posto de vigilância trazendo mais segurança e conforto para a população.

REFORMAS

  • Reforma parcial da sede da Administração Regional para implantação de 3 equipes do Programa Saúde da Família
  • Reforma do Conselho Tutelar (Quadra 01, Conjunto A, Lote 20)

ENERGIA LIMPA

  • Instalação de aquecedores solares em 95 residências (até outubro de 2017 numa ação da CEB e da RA) para poupar energia elétrica

REGULARIZAÇÃO

  • Entrega de 437 escrituras, trazendo tranquilidade e segurança jurídica aos moradores

CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas passou por Itapoã entre 5 a 9 de março de 2018, produzindo os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 5.870 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 117 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 54 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionados (combate ao Aedes aegypti): 65 unidades
    • Poda de árvores: 407 unidades
    • Tapa-buracos: 26 toneladas de massa asfáltica

EM ANDAMENTO

  • Obras de extensão, remanejamento de rede elétrica e ampliação de pontos de iluminação pública.
  • Implantação de Via de Acesso da DF-001 para a DF-250, em parceria com o DER.
  • Em licitação papa-entulho (SH Itapoã, Condomínio Fazendinha Quadra 1 Conjunto B Lote 7)

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Jardim Botânico sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Venda direta de lotes residenciais unifamiliares no condomínio Solar de Brasília
    • 187 lotes disponibilizados no edital da venda direta
    • 163 propostas apresentadas
    • 98% de adesão
  • Venda direta de lotes residenciais unifamiliares em condomínios da Etapa 2 do Jardim Botânico (Estância Jardim Botânico 1, Estância Jardim Botânico 2, Parque e Jardim das Paineiras, Jardim Botânico VI, Jardim Botânico 1 e Mirante das Paineiras).
    • 998 lotes disponibilizados no edital da venda direta
    • 932 propostas apresentadas
    • 93,4% de adesão

MOBILIDADE

  • Duplicação da DF-463 em um trecho de quase 4 quilômetros para ajustar os acessos aos Setores Habitacionais Jardim Botânico e Jardins Mangueiral e desafogar o trânsito na região, beneficiando cerca de 60 mil motoristas
  • Pavimentação de 7km da via interna do JBB, atendendo a antiga reivindicação da Escola Classe Jardim Botânico e beneficiando alunos, professores e comunidade em geral
  • Iluminação em LED e recuperação de erosão da Estrada do Sol
  • Instalação de novas paradas de ônibus
  • Implantação de linha de ônibus

MEIO AMBIENTE

  • Replantio de cerca de 130 mil mudas de árvores nativas do Cerrado
  • Recuperação de área do Ribeirão Taquara, realizada pela Novacap, com plantio de 10 mil mudas.
  • Recuperação de áreas degradadas na Estação Ecológica Jardim Botânico de Brasília e realização de estudo prévio para identificar principal trajeto da fauna no entorno dessa unidade de conservação

CIDADES LIMPAS

  • Uma edição do programa Cidades Limpas no Jardim Botânico, Mangueiral e Lago Sul (de 30 de setembro a 20 de outubro de 2017) produziu os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.907 toneladas
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 2.223 unidades
    • Poda de árvores: 632 unidades
    • Tapa-buraco: 48,85 toneladas

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Lago Norte sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

CRISE HÍDRICA

  • Inauguração da Estação de Tratamento de Água do Lago Norte, uma alternativa emergencial à crise hídrica, com potencial de captação de 700 litros/segundo. Investimento de R$ 45 milhões.
  • Inauguração do Subsistema Produtor de Água do Bananal, com capacidade de captar 720 litros de água por segundo e de atender população média de 170 mil moradores de Brasília, Cruzeiro, Lago Norte, Lago Sul, Jardim Botânico, Setor Sudoeste, Octogonal e Setor Noroeste.
  • Troca de 700 hidrômetros da Caesb no Lago Norte, prevista no Programa de Redução de Controle de Perdas.

ORLA LIVRE

  • Orla Livre, um salto civilizatório: desobstrução de 671 mil metros quadrados de áreas antes ocupadas irregularmente em 139 lotes do Lago Norte
  • Execução de 22% das obras do Praia Norte (SMLM, Trecho 05/06). A área de lazer e de esportes na orla contará com deck de 239 metros de cumprimento, ciclovia, passeios, três quiosques de alimentação, banheiros, estrutura para o Corpo de Bombeiros Militar, parque de diversões, academia inteligente, academia de ginástica para a terceira idade e quadras de esportes.

EDUCAÇÃO

  • Inauguração dos Centro de Educação da Primeira Infância – Cepi Gavião (SHIN QI 16) e Perdiz (SHIN QI 13) com capacidade de atendimento de crianças 4 e 5 anos em dois turnos
  • Inauguração do Viveiro do Lago Norte, criado com o propósito de recuperar nascentes e promover a educação ambiental
  • Parceria com a sociedade civil no mapeamento e sinalização de cinco ecotrilhas e participação também em cursos de formação de brigadistas e de arte e educação em escolas do Lago Norte

SEGURANÇA

  • Inauguração do 34° Grupamento de Bombeiro Militar
  • Inauguração do 24º Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), uma demanda de mais de dez anos da comunidade

MOBILIDADE

  • Pintura do acostamento ciclável e campanha de conscientização com diminuição da velocidade de 70 para 60 km/h
  • Recuo de 5 paradas de ônibus, construção e ampliação de quatro abrigos de passageiros
  • Ressinalização e divisão de vias, pintura de faixas de pedestre e de estacionamentos
  • Ação de recuperação das estradas rurais do Lago Norte, conforme orientações técnicas do Programa Cultivando Água Boa, com tecnologias sustentáveis

CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas (novembro/2017) produziu os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.480 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 104 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 66 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 2.281 unidades
    • Poda de árvores: 575 unidades
    • Tapa-buraco: 36,32 toneladas

REFORMAS

  • Reforma da Feira Orgânica do Colorado, que pegou fogo em 2011
  • Reforma do Centro Comunitário do Palha

 ESPORTE

  • Instalação da primeira Praça da Acessibilidade do DF, com um circuito de malhação ao ar livre para deficiente físicos e calçamento acessível no entorno do equipamento. Local: QI 3/4, ao lado do Centro de Saúde 10
  • Reforma da quadra de vôlei de areia na QI 2

ILUMINAÇÃO PÚBLICA

  • Iluminação Núcleo Rural Córrego do Urubu – Etapa 1
  • Melhoria da iluminação pública na QI 3 Conjunto 8, QL 6 entre os Conjuntos 7 E 8, QL 13 próximo ao Hospital Sarah e a Igreja do Pai Nosso, QI 3 Conjunto 8 (Becos), QL 6 entre os Conjuntos 7 e 8 e SMLN Trecho 7 Conjunto 3

ANIMAL

  • Instalação de ParCão – espaço para convivência de cães, na QI 2, com áreas separadas para cães mais ativos e de maior porte e para os menos vigorosos, idosos ou com algum tipo de deficiência.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Lago Sul sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

ORLA LIVRE

  • Democratização do Lago Paranoá, um dos principais cartões postais de Brasília, com a desobstrução de mais de 1 milhão de m² de áreas irregularmente ocupadas por 315 lotes no Lago Sul e com obras de requalificação do espaço
  • Reabertos o Anfiteatro Natural (Parque Asa Delta) e o Parque Península Sul, ambos na QL 12 do Lago Sul
  • Construção de pista compartilhada para pedestres e ciclistas, com 2,5 Km de extensão, no parque Asa Delta e duplicação da largura da pista de 3,5 km de extensão no Parque da Península. Também foram instaladas 612 luminárias de LED no Parque Asa Delta e plantadas 1.375 mudas de espécies do Cerrado (ipês, quaresmeiras e cagaiteiras)
  • Construção de dois deques de madeira (investimento de R$ 2,177 milhões): um interliga a calçada externa do Pontão ao Parque Península Sul, com 189 metros de comprimento. O outro, com 256 metros lineares, faz a interligação do Parque Península Sul ao Parque Asa Delta, possibilitando conexão das trilhas.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Venda direta de lotes residenciais unifamiliares no condomínio Ville de Montagne:
    • 956 lotes disponibilizados no edital da venda direta;
    • 895 propostas apresentadas;
    • 93,6% de adesão.

SAÚDE

  • Reinaugurada, em janeiro de 2017, a Unidade Básica de Saúde – UBS 01, na QI 21 do Lago Sul. A unidade foi reformada e passou a ter capacidade de abrigar até sete equipes de saúde da família.

 EDUCAÇÃO

  • Inauguração de quadras poliesportivas, campo de futebol e quadra de tênis do centro poliesportivo e educacional na QL 8.

INFRAESTRUTURA

  • Implantação do sistema de esgotamento sanitário no Setor de Mansões Dom Bosco, composto por redes de coleta condominial que atendem 865 lotes unifamiliares e comerciais com população estimada em 5.884 habitantes.
  • Reparos na Ponte das Garças: concretagem da laje do canteiro central, entre os dois tabuleiros da ponte, começando a substituição do guarda-corpo.

CIDADES LIMPAS

  • Uma edição do programa Cidades Limpas no Jardim Botânico, Mangueiral e Lago Sul (de 30 de setembro a 20 de outubro de 2017) produziu os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.907 toneladas
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 2.223 unidades
    • Poda de árvores: 632 unidades
    • Tapa buraco: 48,85 toneladas

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Núcleo Bandeirante sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

MOBILIDADE

  • Inauguração do terminal de ônibus urbano (Avenida Contorno, em frente à Área Especial nº 7), equipado com plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade

EDUCAÇÃO

  • Inauguração do Centro Interescolar de Línguas (CILs) do Núcleo Bandeirante, localizado no Centro de Ensino Médio Núcleo Bandeirante (CEMNB)

CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas passou pelo Núcleo Bandeirante, Park Way e Candangolândia entre 23 de outubro a 10 de novembro de 2017, com os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 4.500 toneladas
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 66 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 4.040 unidades
    • Poda de árvores: 480 unidades
    • Tapa-buraco: 24,48 toneladas

FEIRA

  • Melhorias na Feria Permanente do Núcleo Bandeirante: instalação de iluminação pública do estacionamento em frente à feira, reforma de banheiros, poda de árvores, desobstrução de bocas de lobo, retirada de entulhos no perímetro da feira, limpeza das calhas do telhado

 REFORMAS

  • Revitalização do Setor de Oficinas, atendendo demanda de comerciantes do setor
  • Reforma do Parque Bandeirante, com recuperação de toda a fiação elétrica, reforma da área das piscinas e das quadras poliesportivas, recapeamento da pista de cooper, cercamento de toda área do parque, manutenção dos brinquedos infantis e de 19 churrasqueiras.

 ILUMINAÇÃO

  • Instalação de iluminação do Setor de Indústria Bernardo Sayão (Sibs).
  • Iluminação de toda a área do terminal rodoviário

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Paranoá sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

EDUCAÇÃO

  • Abertura da Escola Classe Comunidade de Aprendizagem do Paranoá, modelo pedagógico inovador (Conjunto A da Quadra 3), para atender alunos da educação infantil e dos três anos iniciais do ensino fundamental
  • Inauguração de nova sede para o Centro Interescolar de Línguas – CIL (Quadra 17 da Avenida Paranoá), ampliando a capacidade de atendimento para mais de 1.500 estudantes nos três turnos
  • Reforma na Escola Classe Café sem Troco (na DF-130 – Km 32 – Paranoá), com ampliação de um bloco (com duas salas de aula, laboratório de informática, biblioteca, banheiros, sala de servidores e pátio coberto)

MOBILIDADE

  • Reforma de terminal de ônibus urbano (Quadra 33), oferecendo aos passageiros novas plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade
  • Drenagem e pavimentação na via que liga o Núcleo Rural Sobradinho dos Melos, no Paranoá, à DF-250

SAÚDE

  • Reforma do Centro Obstétrico e reparos em clínicas do Hospital da Região Leste

CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas passou pelo Paranoá entre 12 e 16 de dezembro de 2016, com os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 1.652 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 59 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 248 unidades
    • Poda de árvores: 160 unidades
    • Tapa-buraco: 119 toneladas

SOCIOEDUCATIVO

  • Entrega de sede definitiva para a Unidade de Atendimento em Meio Aberto (Uama) para atender adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de liberdade assistida e de prestação de serviço à comunidade.

CONSUMIDOR

  • Inauguração do posto de atendimento do Procon-DF

EM ANDAMENTO

  • Em licitação construção de papa-entulho Quadra 5 Conjunto D Lote 1

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora no Park Way sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

MOBILIDADE

  • Recapeamento de asfalto e sinalização horizontal em diversos conjuntos das Quadras 20, 24, 26 e 17, totalizando 10.700 metros

REFORMAS

  • Reforma da Barragem do Ribeirão do Gama como obra emergencial de extrema importância devido a risco de rompimento que poderia inundar parte do Park Way e Vila Agrourbana de Vargem Bonita; custo estimado de R$ 12 milhões (2015)
  • Melhorias no Conselho Tutelar, com instalação de cabeamento do sistema de internet e troca de mobiliário

MEIO AMBIENTE

  • Plantio de 8.500 mudas de Cerrado ao longo de ciclovias do Park Way e das marginais da Epia no Park Way
  • Plantio de 5.000 mudas de Cerrado nas adjacências da nascente do Córrego Mato Seco SMPW 27-28

ESPORTE E LAZER

  • Recuperação dos campos de areia no Parque da Metropolitana (SMPW 6)

TREINAMENTO

  • Abertura do centro de treinamento de jovens aprendizes da Novacap (Quadra 6)

 CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas passou pelo Park Way, Núcleo Bandeirante e Candangolândia entre 23 de outubro a 10 de novembro de 2017, com os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 4.500 toneladas
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 66 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 4.040 unidades
    • Poda de árvores: 480 unidades
    • Tapa-buraco: 24,48 toneladas

EM ANDAMENTO

  • Implantação de 4 km de ciclofaixa e 2,1 km de ciclovia da rodovia DF-047 (Epar), ligando o final da DF-002 (ERS) ao Aeroporto – Asa Sul, Park Way e Lago Sul (previsão de conclusão no 2º semestre/2018)
  • Duplicação de vias na Quadra 3 do Park Way beneficiará mais de 50 mil moradores (previsão de entrega: julho/2018)
  • Construção de viveiro comunitário com capacidade de produção de 50.000 mudas por ano, produzindo atualmente 10.000 mudas por ano
  • Quadra de vôlei de areia no Espaço Socioambiental na SMPW Quadra 14, Conjunto 5
  • Recuperação de áreas com erosões ao longo da Epia, nas Quadras 7, 8, 26 e 27 do SMPW

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora em Planaltina sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

Escrituras

  • Entrega de 4.983 escrituras para famílias que esperavam há muito tempo (algumas, inclusive, por mais de 20 anos) para realizar o sonho de regularizar a situação do imóvel onde moravam. A escritura valoriza o patrimônio, traz segurança e tranquilidade.

Saúde

  • Revitalização da Unidade Básica de Saúde – UBS de Tabatinga, em Planaltina, que abrigará uma equipe de Saúde da Família e uma de Saúde Bucal
  • Unidade Básica de Saúde – UBS de Taquara, em Planaltina (previsão de entrega: julho/2018)

Educação

  • Abertura do Centro Interescolar de Línguas (CIL) no Centro de Ensino Fundamental 08 para atender mais de 600 alunos.
  • Início, em março de 2018, do projeto de Ensino Médio em Tempo Integral no CED do Taquara. Alunos ganham reforço para o PAS e Enem entre as atividades da jornada ampliada por três vezes na semana.

Lazer, esporte e qualidade de vida

  • Atendimento de reivindicação de moradores e atletas da região com inauguração do Centro Olímpico e Paralímpico, um espaço de transformação da vida das pessoas e de promoção da saúde por meio de esporte, entretenimento e lazer. Com 35,7 mil metros quadrados, o centro possui quadras de tênis e poliesportiva, pista de atletismo, ginásio poliesportivo coberto, paredão de escalada, campo de grama sintética e piscinas semiolímpica e infantil. Foram investidos R$ 2.194.487,70.
  • Reinaugurado o Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Cose) para Melhor Idade. Os maiores de 60 anos participam de atividades de arte, cultura, esporte, entre outras.
  • Cobertura da quadra esportiva do Centro de Ensino Especial, no Setor Central de Planaltina (2016 – solicitação de mais de 10 anos da comunidade).
  • Instalação de pontos de Encontro Comunitário (PEC), com aparelhos de ginástica, na Quadra 6 da Vila Buritis, perto do Centro de Saúde nº 5 no Arapoanga.
  • Reforma do Centro de Referência em Práticas Integrativas em Saúde, com mudanças estruturais no ambulatório, construção de pista de caminhada com 700 metros e melhorias no calçamento e piso onde acontecem cursos e oficinas.

Cultura

  • Em respeito à vocação cultural de Planaltina, investiu R$ 3.788.728,78 na construção da Casa de Cultura de Planaltina, com previsão de inauguração para o 1º semestre/2018. Essa iniciativa teve como escopo a implantação de um grande centro cultural dotado de auditório para 350 pessoas, teatro de arena, salas de aula e hall de exposições, tudo isso em um espaço de 1.220 metros quadrados, totalmente acessível.

Mobilidade

  • Mais de 90 mil pessoas se beneficiaram com a reforma do Terminal Rodoviário de Planaltina, equipado com 19 boxes, quatro pontos de estocagem e 73 vagas de estacionamento, além de paraciclos. Foi a primeira reforma do terminal desde a inauguração em 1977.

Meio Ambiente

  • Renovação por mais cinco anos do programa Produtor de Água, que remunera produtores do Núcleo Rural do Pipiripau por serviço ambiental prestado com a conservação e recuperação de água, solo e vegetação. O valor varia de R$ 43 a R$ 344 por hectare/ano.
  • Instalação de papa-entulho no Setor Norte (Área Especial 2, Lotes 11/12), próximo ao 14° Batalhão de Polícia Militar. Cada pessoa pode entregar no local, que funciona de segunda a sábado, das 7 às 18 horas, um metro cúbico de resíduos de construção, móveis e restos de podas.

Infraestrutura

  • Reforma da ponte sobre o Ribeirão Extrema, no Núcleo Rural Rio Preto, para facilitar o tráfego de caminhões que triplicou na região devido ao aumento da produção agrícola.
  • Execução de medidas para conter a erosão na ponte Ribeirão das Palmeiras. Foram investidos R$ 323.456.000.
  • De 2015 a 2018 (dados até abril), o Restaurante Comunitário de Planaltina serviu 1.277.980 refeições, nas tarifas regular e reduzida.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora na região do Plano Piloto sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

SAÚDE

  • Mais de 90% das obras do segundo bloco do Hospital da Criança já estão prontas. Serão abertos 202 leitos — 164 para internação e 38 para unidade de terapia intensiva (UTI) e cuidados intermediários
  • Transformação do Hospital de Base em Instituto Hospital de Base do Distrito Federal – IHBDF: um novo modelo de gestão para agilizar compras de medicamentos e materiais médico-hospitalares, manutenção de equipamentos e contratação de profissionais de saúde. Continua 100% público, consolida-se em referência para tratamentos de câncer, traumas e problemas neurológicos.
  • Reabertura do Centro de Abastecimento Farmacêutico e do Laboratório Enteral do Instituto Hospital de Base

ORLA

  • Inauguração do Deck Sul, uma área de 80 mil metros quadrados, com ciclovia, pistas de cooper e de skate, circuito com equipamentos para ginástica, parques infantis, ponto de encontro comunitário e quadras de vôlei e poliesportiva. Instalação de 118 postes e 160 luminárias, 32 postes de luminárias com tecnologia LED e sinalização náutica. Investimento: R$ 10,7 milhões
  • Realização do Concurso do Masterplan para a Orla do Lago, que escolheu o melhor projeto de intervenções ao longo de 38 km da orla no Lago Sul e Lago Norte. Será uma grande área de lazer com quiosques, restaurantes, estacionamentos, trilhas, mirante, anfiteatro e quadras poliesportivas.

CRISE HÍDRICA

  • Inauguração da Elevatória da Estação de Tratamento de Água Brasília (ETA Brasília), obra traz versatilidade e sustentabilidade ao sistema de captação de água do DF ao permitir transferência do recurso captado no Ribeirão Bananal e no Lago Paranoá para regiões tradicionalmente abastecidas pelo Sistema Produtor Descoberto.
  • Inauguração do Booster Noroeste, equipamento que permite bombear até 280 litros por segundo de água captada no Lago Paranoá para a ETA Brasília, poupando os reservatórios de Santa Maria e do Descoberto

ILUMINAÇÃO

  • Instalação de iluminação de LED, mais econômicas e eficientes, ao longo dos Eixos Norte e Sul e do Buraco do Tatu. A ação integra o programa Ilumina Mais Brasília, que visa modernizar o sistema de iluminação pública do DF. Foram substituídas 689 luminárias no Eixão e 130 refletores no Buraco do Tatu, vias fundamentais para a mobilidade do Distrito Federal e por onde trafegam mais de 100 mil veículos por dia Investimento: R$ 3,2 milhões

INOVAÇÃO

  • Construção do edifício-sede da Governança do Parque Tecnológico BioTic, projeto que prevê a atração de 1,2 mil empresas dos ramos da tecnologia da informação e comunicação e da biotecnologia, com potencial de geração mais de 25 mil empregos diretos

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de escrituras relativas à regularização de imóveis em área de interesse social: 32 na Vila Telebrasília e 321 na Vila Planalto. Ainda no Plano Piloto foram entregues 30 escrituras da antiga SHIS

RESÍDUOS

  • Abertura da Central de Triagem (Saan Trecho 2) para abrigar catadores de materiais reciclados que atuavam no Lixão da Estrutural

CIDADES LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas executou duas operações (de 17 a 20 de abril de 2017 e de 25 a 29 de setembro de 2017) no Plano Piloto e obteve os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.103 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 244 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 45 unidades
    • Poda de árvores: 304 unidades
    • Tapa-buraco: 41,29 toneladas de massa asfáltica
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 2.684 unidades

EDUCAÇÃO

  • Instalação de nova sede para o Centro Interescolar de Línguas 2 de Brasília (711 Norte).
  • Inauguração dos centros de Educação da Primeira Infância (Cepi) Olhos d’Água (714 Norte) e Jacarandá (EQS 204/205), cada um com capacidade para atender até 150 crianças de 0 a 5 anos em período integral.
  • Reforma e reabertura da Biblioteca Pública de Brasília (312 Sul)
  • Instalação de nova sede para o Centro Interescolar de Línguas 2 de Brasília (711 Norte)

 CULTURA

  • Reabertura do Centro de Dança. Investimento: R$ 3 milhões
  • Reabertura do Foyer da Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional, após reformas. A teatro será restaurado em etapas; projeto da primeira etapa de recuperação da Sala Martins Penna já foi autorizado pelo Iphan.
  • Reforma do Espaço Cultural Oscar Niemeyer. Investimento: R$ 748,3 milhões
  • Revitalização do Setor Comercial Sul. Substituição da iluminação pública, reforma e revitalização de calçadas e meios-fios, limpeza e desobstrução de bueiros e bocas de lobo, recuperação de jardins e gramados, substituição dos mosaicos de pedra portuguesa, retirada de lixo no setor e na Galeria dos Estados, combate à ocupação de área pública e comércio irregular no setor

MOBILIDADE

  • Recuperação estrutural do viaduto Eixo W/Via S2 e do viaduto Eixo L/Via S2. Investimento: R$ R$10,6 milhões
  • Recuperação estrutural do viaduto que faz a ligação das vias SW-NW sobre a via N2 e do viaduto que faz a ligação das vias SW-NW sobre a via S2. Investimento: R$ 7,08 milhões
  • Recuperação estrutural do viaduto de acesso ao Teatro Nacional. Investimento: R$ 734 mil
  • Construção de ciclovia do Parque da Cidade, com 10 km de extensão, sinalização (horizontal e vertical), iluminação e acessibilidade.
  • Construção de 1,8 km de ciclovia na Asa Sul – W4/W5 e via S3. Investimento: R$ 3 milhões.
  • Iniciada a operação em duas estações do BRT Sul (Granja do Ipê e Vargem Bonita).
  • Revitalização da Via S3, entre o Setor Comercial Sul e o Instituto Hospital de Base, com a execução de 4,5 mil metros quadrados de calçadas, paisagismo
  • Restauração da rodovia DF-001 (EPCT) – Lago Oeste, trazendo mais segurança para a população
  • Restauração da rodovia DF-035 (EPCV), que liga ao Lago Sul às regiões do Jardim Botânico, de São Sebastião e do Jardins Mangueiral

PRAÇAS

  • Recuperação estrutural da Praça Sul. Investimento: R$ 43,5 milhões
  • Inauguração da Praça da Cidadania, incluindo Bosque dos Ipês e revitalização de áreas adjacentes ao Teatro Nacional Cláudio Santoro. Investimento: R$ 517,2 mil
  • Revitalização da Praça Lucio Costa (em frente ao Conjunto Nacional), com preservação do modelo projetado pelo urbanista que empresta o nome ao local. Na praça, houve também melhoria da iluminação com instalação de 17 postes
  • Inauguração da Praça da Paz, no Estacionamento 07 do Parque da Cidade

DIREITOS HUMANOS

  • Inauguração do Centro 18 de Maio, iniciativa inovadora para dar celeridade aos procedimentos de proteção de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.
  • Inauguração da Agência do Trabalhador para Pessoas com Deficiência, na Estação do Metrô da 112 sul. Entre os serviços oferecidos estão emissão de Carteira de Trabalho, acesso ao seguro-desemprego, cursos de qualificação

EM ANDAMENTO

  • Viaduto do Eixão Sul sob a DF-002 (previsão de lançamento do edital de licitação para o 1º semestre de 2018). O conjunto de intervenções inclui a demolição e reconstrução total da parte do viaduto que desabou, bem como a recuperação de todas as fundações e pilares ao longo da via.
  • Construção do Trevo de Triagem Norte e da Ligação Torto-Colorado, a maior obra viária da saída norte desde a inauguração de Brasília, beneficiando cerca de 200 mil motoristas que diariamente circulam por essas regiões. Estão previstas 26 obras de arte especiais (pontes, viadutos e túneis) e instalação de ciclovia de 9,3 km (projeto inicial previa 6 km, mas foi alterado a pedido da população).
  • Construção da Ponte Oeste, paralela à Ponte do Bragueto, é uma das obras do Trevo de Triagem Norte. Já foram realizadas as fundações no lago (etapa mais difícil), erguidos três pilares e iniciado um tabuleiro.
  • Reforma da Rodoviária do Plano Piloto (previsão de conclusão para o 1º semestre de 2019): execução de obras de recuperação e revitalização das plataformas e demais áreas internas e a adequação às normas de acessibilidade de todo o terminal.
  • Retomadas obras nas estações de metrô da106 sul e da 110 Sul: intervenções incluem conclusão da estação, construção de passagem subterrânea para os Eixos W e L, acessos externos à estação e instalação de elevadores e escadas rolantes, entre outros.
  • Recuperação de 13,5 quilômetros de calçadas das primeiras superquadras da capital – 107, 108, 109 e 307 da Asa Sul. A obra integra a revitalização do espaço urbanístico do Plano Piloto e segue regras de acessibilidade

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora no Recanto das Emas sabe o quanto essas mudanças impactaram na sua vida:

Cultura

  • Inauguração do CEU das Artes: equipamento importante de cultura, de esporte e de integração social, gerido de forma compartilhada entre o governo e a comunidade. O centro possui quadra poliesportiva coberta, biblioteca, salas multiuso, telecentro, pista de skate, anfiteatro, parque infantil, sala para centro de convivência e vestiários. O investimento foi de R$ 1.367.776,99.
  • Inaugurado o Espaço de Leitura no Centro de Artes e Esportes Unificados – CEU do Recanto das Emas.

Educação

  • Instituído o programa modelo de compras diretas do produtor rural em 26 unidades públicas de ensino do Recanto das Emas.
  • Inauguração do Centro de Educação da Primeira Infância – Cepi Pinheirinho Roxo (Quadra 300, Conjunto 17 A, Lote 1) com capacidade de atendimento a 416 crianças de 4 e 5 anos em dois turnos.
  • Inauguração do Instituto Federal de Brasília, escola técnica de nível superior e que vai abrigar mais de 1.200 alunos para formação técnica e tecnológica. O local estava abandonado e o governo de Brasília o recuperou em parceria com o IFB.

Mobilidade

  • Inauguração de dois terminais de ônibus urbano (no Subcentro 400/600 e na Quadra 311, no Recanto das Emas), oferecendo aos passageiros plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade.
  • Inauguração da ponte sobre o Córrego Monjolo, que liga o Recanto das Emas ao Gama e facilita o escoamento da produção de pequenos agricultores. A obra atende a uma antiga reivindicação da comunidade e beneficia cerca de 30 mil moradores dos Núcleos Rurais Casa Grande e Monjolo. A obra estava paralisada desde 2013.

Escrituras

  • Entrega de 4.101 escrituras, relativas à regularização de imóveis em área de interesse social.

Urbanização

  • Aprovadas as Diretrizes Urbanísticas para Vargem da Bênção, na Região Administrativa do Recanto das Emas (RA XV).

Cidades Limpas

  • A edição do programa no Recanto das Emas, em 2017, produziu os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.022 toneladas
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 23 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 3.358 unidades
    • Poda de árvores: 493 unidades
    • Tapa buraco: 81,04 toneladas
    • Recolhimento de carcaças: 39 unidades

EM ANDAMENTO

Saúde

  • Concluída, em março de 2018, licitação para construção de Unidade Básica de Saúde – UBS (Quadra. 804 – Av. Monjolo), onde haverá cobertura de atendimento de até 26.250 pessoas. Início de obra previsto para o 1º semestre de 2018.

Habita Brasília

  • Lote Legal (oferta de lotes urbanizados e regularizados). Recanto das Emas – Centro Urbano – População total estimada: 10.530 habitantes, sendo 2.000 no eixo Lote Legal. O projeto do parcelamento prevê um total de 551 lotes de usos variados, sendo 42 para habitação coletiva e 509 para habitação bifamiliar (casa sobreposta). Infraestrutura prevista: drenagem e pavimentação com projetos executivos concluídos em janeiro de 2018. Edital de licitação para as obras previsto para o 1º semestre de 2018. Implantação de rede de abastecimento de água: licitação em andamento – Concorrência nº 11/2017 – Terracap. Implantação de esgotamento sanitário: licitação em andamento – Concorrência nº 10/2017 – Terracap. Implantação de rede de energia: licitação em andamento – Concorrência nº 09/2017 – Terracap.
  • Lote Legal (oferta de lotes urbanizados e regularizados). Recanto das Emas – Residencial Tamanduá – População total estimada: 15.630 habitantes, sendo 6.435 no eixo Lote Legal. O projeto do parcelamento prevê um total de 1.999 lotes de usos variados, sendo 1.950 para habitação bifamiliar (casa sobreposta) e 49 para uso misto. Projeto urbanístico em elaboração pela Terracap. Infraestrutura prevista: drenagem e pavimentação: projetos executivos contratados – entrega prevista para maio de 2018. Implantação de esgotamento sanitário: não iniciado. Implantação de rede de energia: não iniciado.
  • Morar Bem (produção de unidades habitacionais) Recanto das Emas – Quadras 117 e 118 – População total estimada: 2.000 habitantes. Serão disponibilizadas às famílias habilitadas na lista da Codhab 530 unidades habitacionais em áreas urbanizadas, com infraestrutura e dotadas de equipamentos públicos. A infraestrutura foi executada. Está em fase final de contratação com a Caixa. Previsão de início das obras no 1º semestre de 2018.

Esporte, lazer e qualidade de vida

  • Reforma das quadras de esportes na Quadra 509, iluminação e revitalização das quadras de esportes da 510/511 e revitalização da quadra de esportes da Quadra 601.
  • Obra de revitalização na praça da Quadra 103- Avenida Recanto das Emas – Praça do Girafas.
  • Construção de campo com grama sintética na Quadra 801, em frente ao Conjunto 01 – Praça.
  • Construção de parque infantil nas Quadras 303, em frente ao Conjunto 2 Quadra 111, em frente ao Conjunto 1 e Quadra 407, em frente ao Conjunto A.
  • Cobertura de ponto de encontro comunitário (PEC), localizado na Quadra 300, em frente ao Conjunto 23m e cobertura no PEC na Quadra 102, em frente à Escola Classe 102.

Urbanização

  • Construção de calçadas e rampas de acessibilidade no Setor Habitacional Água Quente – DF 190.
  • Construção de estacionamento na Avenida Recanto das Emas, Quadra 304, entre os Lotes 01/06.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas histórias da população. Você que mora no Riacho Fundo I sabe o quanto essas mudanças impactam na sua vida:

Educação 

  • Reconstrução da Escola Verde (QS 4, Lote A), com dois pavimentos, 14 salas de aula, cada uma com capacidade para 26 alunos. Possui estrutura paracoleta seletiva de lixo e uso não potável de água da chuva e também é acessível a pessoas com deficiência. Foram investidos R$ 5.251.222,08.
  • Inauguração de Centro de Línguas.
  • Construção da cobertura da quadra esportiva do Centro de Ensino Médio 01 (QS 14 – Riacho Fundo I), até então alunos realizavam as aulas de educação física a céu aberto.

Escrituras

  • Entrega de 898 escrituras relativas à regularização de imóvel em área de interesse social.

Cidades Limpas

  • O programa executou duas edições no Riacho Fundo I, com os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 7.566,88 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 61 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 261 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 58 unidades
    • Poda de árvores: 840 unidades
    • Tapa-buraco: 22,859 toneladas

Restaurante Comunitário

  • O Restaurante Comunitário do Riacho Fundo I forneceu, de 2015 a 2018, 1.285.356 refeições, nas tarifas regular e reduzida.

E mais

  • Construção de Praça Pública na QS02. (AR)
  • Reforma e reparo da parte elétrica e do sistema SPDA do ginásio poliesportivo na QN 07. (AR)
  • Reforma do Conselho Tutelar de Riacho Fundo I. (AE, 03 LT 06 – Praça Central)

EM ANDAMENTO

Meio ambiente

  • Recuperação de áreas degradas e de vegetação por meio do projeto “Como pode um peixe vivo”, para revitalizar a bacia hidrográfica do Riacho Fundo.
  • Recuperação de 800 ha de áreas degradadas no Parque do Riacho Fundo, no Parque da Asa Sul, na Floresta Nacional de Brasília e outros.
  • Elaborado mapa de uso e ocupação do solo da Bacia do Riacho Fundo, em outubro de 2017, como ações para fortalecimento do Programa Adote uma Nascente, com previsão para disponibilização no sítio do Instituto Brasília Ambiental – Ibram, em abril de 2018.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora no Riacho Fundo II sabe o quanto essas mudanças impactaram na sua vida:

Urbanização

  • Entrega de três praças públicas no Residencial Parque do Riacho, batizadas com os nomes Ipê Amarelo, Ipê Amarelo da Mata e Jequitibá Vermelho. Essas praças são os primeiros equipamentos públicos a ficarem prontos na região, de um total de 18 em obras.

Saúde

  • Reinauguração da Unidade Básica de Saúde – UBS 04 (QC 06, Conjunto 16, Lote 01/AE 01, do CAUB). A unidade foi reformada e passou a ter capacidade de abrigar uma equipe de Saúde da Família e uma equipe de saúde bucal. São prestados serviços de atendimento médico, enfermagem, odontológico, vacinação, curativos, entrega de medicamentos, dentre outros. Cobertura de atendimento de até 3.750 pessoas.

Meio ambiente e saneamento

  • Plantio de 5.550 mudas no Parque Ecológico Riacho.
  • Instalado sistema de esgotamento sanitário do Riacho Fundo II, 3ª e 5ª Etapas.

Mobilidade

  • Inaugurado terminal de ônibus urbano (Quadra QS 18), equipado com plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade.

Cultura

  • Inauguração da Biblioteca Comunitária Cecília Meirelles, com capacidade para atender até cem pessoas por dia. O acervo é formado por livros da antiga biblioteca da cidade e doações da comunidade.

Educação

  • Inauguração de Centro Interescolar de Línguas, que provisoriamente funcionará nas dependências da Escola Classe II e atenderá cerca de 500 alunos por semestre.

Escrituras

  • Entrega de 5.078 escrituras.

Cidades Limpas

  • A passagem do programa pela cidade gerou os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 2.102,88 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 280 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 40 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 2.617 unidades
    • Poda de árvores: 528 unidades
    • Tapa buraco: 92,24 toneladas
    • Recolhimento de carcaças: 2 unidades

EM ANDAMENTO

  • Construção da Feira Permanente na QN 10 (conclusão prevista para o 1º semestre de 2018), com 2.322 metros quadrados de área coberta, 108 boxes e estacionamento fechado. O projeto inclui ainda sanitários para visitantes e vestiários para os trabalhadores, com baias adaptadas a pessoas com deficiência.
  • Construção de Unidade Básica de Saúde – UBS na QS 09/Parque do Riacho (previsão de conclusão de licitação para o 2º semestre de 2018): Cobertura de atendimento de até 26.250 pessoas.
  • Construção de calçadas da 4ª etapa no Riacho Fundo II.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora em Samambaia sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

RESÍDUOS

  • Inauguração do primeiro Aterro Sanitário na história de Brasília, uma obra essencial para a desativação do lixão da Estrutural. Em janeiro de 2018, o aterro passou a receber todos os rejeitos domiciliares, cerca de 2.700 toneladas diárias.

EDUCAÇÃO

  • Inauguração da nova sede da Escola Classe Guariroba, construída para substituir a antiga sede, localizada próximo ao Aterro Sanitário de Brasília. A unidade tem capacidade de atender 500 estudantes e conta com 11 salas de aula, quadra poliesportiva, área reservada para parquinho infantil, sala de leitura, videoteca, refeitório e cozinha. Investimento: R$ 3,4 milhões
  • Inauguração de seis centros de Educação da Primeira Infância (Cepi) para atendimento de crianças de 0 a 5 anos: Angico, Pica-Pau Branco, Capim-Estrela, Cutia, Mangabeira, Sucupira.
  • Inauguração de nova sede do Centro Interescolar de Línguas – CIL (Quadra 407), ampliando a capacidade para mais de dois mil estudantes por semestre
  • Inauguração de dois terminais de ônibus urbano: na QR 433, em Samambaia Norte, e na Quadra 327, em Samambaia Sul.

SEGURANÇA

  • Reinauguração do Posto Avançado de Sierra, unidade situada às margens da rodovia BR-060, altura do quilômetro 13, oriunda do extinto convênio do “Projeto Salve as Estradas”, atualmente subordinado ao 37º Grupamento de Bombeiro Militar – Samambaia, para atender a extremidade oeste de Samambaia e os acidentes automobilísticos ocorridos no trecho da BR-060 no DF
  • Criação do Batalhão de Motopatrulhamento Tático para melhorar o patrulhamento na cidade

SAÚDE

  • Criação do Centro de Referência para Cirurgias Eletivas de Média e Baixa Complexidade de Hérnia e Vesícula no Hospital Regional de Samambaia – HRSAM. Até janeiro de 2018, foram realizadas 1.055 cirurgias, zerando a fila de espera do hospital
  • Reforma da Unidade Básica de Saúde – UBS n.º 12 (na QR 210), ampliando a capacidade de atendimento em Samambaia Norte. Unidade passou a contar com sete equipes de Saúde da Família e quatro equipes de Saúde Bucal que atenderão até 26.250 pessoas.
  • Abertura de ambulatório de infectologia no Hospital Regional de Samambaia para atender pacientes adultos diagnosticados com aids, hepatite, sífilis, tuberculose e outras doenças infectocontagiosas. Atende moradores de Samambaia, de Santo Antônio do Descoberto e do Recanto das Emas que antes precisavam deslocar-se para o Plano Piloto ou Taguatinga.

CULTURA

  • Construído o Complexo Cultural, espaço para artistas de Samambaia se apresentarem e opção de cultura para a população com oficinas de dança, música, biblioteca, entre outros. Em fase de compra de mobiliário e contratação de Organização da Sociedade Civil para oferta de atividades.
  • Inauguração do Centro da Juventude de Samambaia, o terceiro do DF, com capacidade para atender 500 jovens por mês com cursos profissionalizantes, aulas do #BoraVencer, oficinas etc

ESPORTE E LAZER

  • Reabertura do estádio Rorizão, depois de passar quatro anos fechado por problemas estruturais. O estádio, agora dentro do padrão exigido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), receberá jogos do campeonato candango e eventos da cidade. Capacidade para 6 mil pessoas.
  • Inaugurada Praça 302, totalmente iluminada, com parquinho, pergolado, quadra poliesportiva e pista de skate em área que antes servia de depósito de lixo.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de 12.188 escrituras, oferecendo tranquilidade, segurança jurídica e valorização do patrimônio das famílias contempladas.

INFRAESTRUTURA

  • Drenagem pluvial e pavimentação no Centro Urbano – Quadra 101 (Sesc) a 109 e também executada drenagem na Quadra 408.
  • Ampliação da rede de esgoto no Setor Residencial Oeste, com 4,1 quilômetros de ramais públicos e 8,1 quilômetros do sistema dentro de condomínio. Beneficia diretamente mais de 1,6 mil famílias que conviviam com esgoto a céu aberto.

SERVIÇOS

  • Inauguração do Centro de Referência de Assistência Social (Creas), um espaço mais adequado para atender a população. Por três anos, o Creas de Samambaia funcionou em local temporário.
  • Abertura de posto do Procon-DF para atender presencialmente a população local

CIDADES LIMPAS

  • Programa Cidades Limpas (de 22 de maio a 2 de junho de 2017) produziu os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 7.905,55 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 118 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 108 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 14.365 unidades
    • Poda de árvores: 464 unidades
    • Tapa-buraco: 95,1 toneladas
    • Recolhimento de carcaças: 7 unidades

EM ANDAMENTO

  • Implantação das lagoas de lodo na Unidade de Gerenciamento de Lodo Melchior, na Estação de Tratamento de Esgotos – ETE (previsão de conclusão para o 1º semestre/2018)
  • Implantação de 90 novos pontos de iluminação pública no Parque Urbano Três Meninas (previsão de conclusão para o 1º semestre de 2018).
  • Implantação do Na Hora na Feira Permanente na 202.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora em Santa Maria sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

ÁGUA E ESGOTO

  • Interligação do Setor Total Ville à rede de abastecimento do Polo JK, obra emergencial para enfrentar a crise hídrica: os mais de 510 metros de rede contribuem com o fornecimento de 8 litros de água por segundo.
  • Instalação de rede de esgoto no Setor Habitacional Porto Rico, beneficiando cerca de 10 mil habitantes.
  • Construção da estação elevatória de esgotos do Setor Ribeirão

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de 3.234 escrituras relativas à regularização de imóvel em área de interesse social
  • Regularização de parcelamentos urbanos do Setor Habitacional Tororó (Estância Del Rey, Santa Bárbara e Jardim Atlântico Sul), beneficiando mais de 1,5 mil moradores

EDUCAÇÃO

  • Inauguração de dois centros de Educação da Primeira Infância – Cepis Buriti (QR 312, Conjunto D, Lote 01) e Araraúna (QR 103, Lote A), cada um com capacidade de atender 150 crianças de 0 a 5 anos em período integral.

MEIO AMBIENTE

  • Criação do Parque Distrital do Salto do Tororó, a primeira unidade de conservação de proteção integral no Distrito Federal.

MOBILIDADE

  • Inauguração de ciclovia na Avenida Santa Maria nos Trechos Norte (do CL 315/415 a 318/418) e Sul (do CL 304/404 ao Terminal Rodoviário Sul) e no sentido BRT (QR 218 a Terminal Rodoviário Sul)
  • Construção de calçadas e acessibilidade de acesso às escolas CED 310, CEM 404, CEF 403, CEF 418, CEPI Corujinha do Cerrado
  • Construção de calçadas e acessibilidade das CLs 103, 105, 106, 204, 418 e 417
  • Inauguração de iluminação pública da VC- 371, AC/CL 105, AC/CL 106, área da bicicross, quadras da Expansão
  • Asfaltamento da área do Terminal Sul 

REFORMAS

  • Reforma da Unidade de Internação do Sistema Socioeducativo
  • Reforma da recepção do Hospital Regional de Santa Maria – HRS
  • Reforma da quadra coberta da área central

LAZER

  • Instalação de ponto de encontro comunitário nas Quadras 208, 103, 116 e 402

CIDADES LIMPAS

  • Na edição do programa Cidades Limpas de 3 a 14 de junho de 2017, foram obtidos os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 6.467,19 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 73 unidades
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 261 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 7.525 unidades
  • Poda de árvores: 1.325 unidades
  • Tapa-buraco: 120,66 toneladas

EM ANDAMENTO

  • Implantação de infraestrutura básica em Porto Rico (previsão de conclusão para o 1º semestre de 2018).  Cerca de 20 mil moradores serão beneficiados com 19,5 km de pavimentação asfáltica, 15 km de drenagem, 45 mil m² de calçadas e 38 mil m² de meios-fios. Já estão prontas 95% das obras de drenagem e 85% da pavimentação Investimento: R$ 29,1 milhões.
  • Implantação do Parque Ecológico de Santa Maria – Calçadão compartilhado (2,2Km), Iluminação, 1 PEC e duas academias

 

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora em São Sebastião sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de 3.516 escrituras para a regularização de imóvel em área de interesse social
  • Reinaugurado o Centro de Práticas Sustentáveis, espaço de integração entre a cultura, o meio ambiente e a educação criado como compensação ambiental para implantação do Setor Habitacional Jardim Mangueiral

MOBILIDADE

  • Duplicação de quase 4 quilômetros da DF-463 beneficia cerca de 60 mil motoristas que trafegam todos os dias pela região dos condomínios do Jardim Botânico, Jardins Mangueiral e de São Sebastião

EDUCAÇÃO

  • Centro de Educação Infantil 03 (Quadra 202, Lote 1), com capacidade para atender até 300 crianças de 4 e 5 anos em dois turnos
  • Inauguração do Centro Interescolar de Língua – CIL
  • Inauguração de pista de atletismo com 415,5 metros de comprimento, uma faixa de tiro rápido de 100 metros e uma pista de salto em distância com caixa de areia (próximo ao balão da Quadra 9 do Setor Tradicional)

SEGURANÇA

  • Oferta de 400 novas vagas no Centro de Detenção Provisória – CDP (Fazenda Papuda), com a construção de dois novos blocos
  • Reforma da Unidade de Internação do Sistema Socioeducativo (Núcleo Rural Aguilhada, BR-251)
  • Reforma da Unidade de Internação Provisória do Sistema Socioeducativo (Fazenda da Papuda S/Nº)
  • Reforma da Unidade de Meio Aberto – Uama (Quadra 101 S/Nº Res. Oeste)

SOCIAL

  • Inaugurado o Centro de Convivência de São Sebastião (Quadra 102, Bloco B, Praça Linear – Setor Residencial Oeste), aberto à comunidade e atende adolescentes, jovens e idosos com ações educativas e lúdicas que visam ao fortalecimento de vínculos sociais, comunitários e familiares.
  • Reforma do Conselho Tutelar (Área Especial s/nº, Quadra 101 Conjunto 8)

CIDADES LIMPAS

  • Duas edições do programa Cidades Limpas (de 13 a 24 de fevereiro de 2017 e de 9 de janeiro a 29 de fevereiro de 2018), com os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 10.017 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 60 unidades
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 218 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.564 unidades
  • Poda de árvores: 931 unidades
  • Tapa-buraco: 101,21 toneladas
  • Recolhimento de carcaças: 8 unidades

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que trabalha na região ou frequenta o SIA sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

  • Abertura de duas Centrais de Triagem (Trecho 17, Rua 8, Lote 105 e Trecho 17, Via 1, Lote 1400) para abrigar catadores de materiais reciclados que atuavam no lixão da Estrutural.

Urbanização

  • As vias públicas foram alvo de 29 ações, destacando-se a recuperação do asfalto, o alargamento de pistas, operações tapa-buracos e correções nas pavimentações em geral.
  • Na manutenção das áreas verdes, foram realizadas poda de árvores e plantio de mudas. A iluminação pública teve como destaque a instalação de mais postes, aumentando a segurança. Na política de recuperação de áreas públicas, foram removidos quiosques e demolido um galpão. Foram implantados e recuperados estacionamentos públicos.

Ceasa

  • A Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa) desde 2015 mereceu uma atenção especial na melhoria das instalações, limpeza na rede de água pluviais, recapeamento asfáltico, traçado elaborado pela engenharia de trânsito para tornar as operações de carga, descarga e estacionamento mais racionais. Com isso as operações de manuseio dos produtos ali comercializados ficaram mais ágeis.
  • Em 2015, foi implantado o Centro de Comercialização as Agricultura Familiar, quando foram comercializados 300 produtos no valor de R$ 960 mil. Ainda em 2015, foi criado um espaço para a comercialização de produtos orgânicos no varejo (aos sábados) e em 2017 foi ampliado esse espaço para as vendas no atacado (terças, quintas e sábados, das 6h às 8h).
  • Em 2017, o capital social da Ceasa foi majorado de R$ 4,7 milhões (estabelecido em 1991) para R$ 28,4 milhões.
  • Construção de mezanino no pavilhão B8 da Ceasa: obras em finalização, no valor de R$ 941 mil, inaugurado em abril de 2018
  • Em 2018 foram investidos em obras nas instalações da Ceasa R$ 638 mil na construção da unidade de excelência em agroqualidade integral dos alimentos e na readequação das instalações hidráulicas.
  • Entregue, em novembro de 2017, a revitalização da iluminação das vias e dos estacionamentos da Ceasa, com investimento de R$ 702 mil.

EM ANDAMENTO

Readequação das instalações hidráulicas da Ceasa em fase de execução de obras, no valor de R$ 328 mil, com previsão de inauguração em junho de 2018.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora em Sobradinho sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

SAÚDE

  • Reforma da clínica de Nefrologia e Hemodiálise do Hospital Regional de Sobradinho, que atende em média 66 pacientes por mês. A unidade recebeu novo mobiliário e passou por melhorias na infraestrutura, de acordo com os padrões da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Investimento: R$ 1,5 milhão
  • Reforma da Pediatria do Hospital Regional de Sobradinho, com troca da instalação hidráulica, pintura, reparos no piso e reforma total dos banheiros, com inclusão de acessibilidade para pessoas com deficiência.

EDUCAÇÃO

  • Instalação do Centro de Educação da Primeira Infância – Cepi João-de-Barro (Quadra 2, Conjuntos D/E, Lote F), com capacidade de atendimento a 150 crianças de 0 a 5 anos em período integral.
  • Revitalização do parquinho da Escolinha Classe 04, beneficiando mais de 300 alunos

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Entrega de 24 escrituras

CIDADES LIMPAS

  • O Programa Cidades Limpas passou por Sobradinho entre 8 a 19 de maio de 2017 e produziu os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 5.401,92 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 118 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 5.677 unidades
  • Poda de árvores: 526 unidades
  • Tapa-buraco: 105,31 toneladas

MOBILIDADE

  • Construção de passarela na BR -020, em frente ao condomínio Nova Colina, garante travessia com segurança. É a primeira obra do futuro BRT Norte. A passarela já está adaptada para atender o BRT, com três escadas, sendo uma delas com acesso ao canteiro central
  • Construção de nova de parada de ônibus da Quadra 7, em substituição à antiga que tinha risco de desabar. O novo ponto recebeu uma pintura especial feita pelo artista Toninho de Souza
  • Patrolamento da estrada Estância Vila Rica, trazendo mais conforto a moradores da região

ESPORTE E LAZER

  • Reparos no Estádio Augustinho Lima permitiram realizar o Candangão 2016 na arena
  • Mutirão de revitalização da Casa do Ribeirão, incluindo pinturas, reparos, roçagem, troca de lâmpadas e de vasos sanitários e plantio de mudas. Alunos e comunidade participam de projetos sociais, culturais, ambientais, educacionais
  • Construção da Pista de Bicicross, ao lado do Estádio Augustinho Lima.
  • Inauguração de espaço para prática de esporte, na Quadra 15, numa área de 60m², com dois vestiários (feminino e masculino), banheiros e uma guarita de segurança. O local também ganhou um parque de areia com brinquedos de madeira para o lazer das crianças da cidade.

ILUMINAÇÃO

  • Iluminação da Pista de Bicicross
  • Troca das lâmpadas dos refletores do Ginásio de Esportes e dos refletores do campo sintético da Quadra 14
  • Iluminação da Praça das Artes Teodoro Freire
  • Revitalização da iluminação pública na BR-020
  • Substituição de postes, refletores, cabos e lâmpadas da Quadra 6:

IDOSO

  • Assinatura do Termo de Permissão garante ao Centro de Convivência do Idoso de Sobradinho abrir todos os dias. Mais de 500 idosos são beneficiados.

EM ANDAMENTO

  • Reforma do Terminal de Sobradinho Centro.
  • Em licitação a construção de papa-entulho (Q 10 AE 1).
  • Unidade Básica de Saúde – UBS (Qd 02, conhecida como Centro de Saúde nº 2 de Sobradinho): projetos para reforma em fase de conclusão. Previsão do início da obra:  2º semestre de 2018
  • Unidade Básica de Saúde – UBS em Sobradinho/Buritizinho, em fase de conclusão de projeto. Previsão do início de obra: 2º semestre de 2018.
  • Unidade Básica de Saúde – UBS na DF-205, km 13, conhecida como Posto de Saúde Rural Catingueiro/Sobradinho, em fase de conclusão de projetos para reforma. Previsão do início da obra: 2º semestre de 2018.
  • Reforma da Feira de Sobradinho beneficiará mais de 600 feirantes
  • Reforma do piso a Feira do Padre, beneficiando mais de 200 feirantes

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora em Sobradinho II sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

 Urbanização

  • Entregues obras de infraestrutura básica em Buritizinho: 11 km de vias asfaltadas, 8 km de redes de drenagem de águas da chuva, 51,5 km de calçadas, 22 km de meios-fios e quatro lagoas de detenção das águas de drenagem. As obras beneficiam quase seis mil moradores

Lazer, esporte e qualidade de vida

  • Entrega do campo de futebol Caveirão com grama sintética: um estímulo ao futebol amador na nossa cidade.

Educação

  • Inauguração do Centro de Educação da Primeira Infância – Cepi Canela-de-Ema (AR 15, Conjunto 08, Lote 01).
  • Substituição das mesas e cadeiras de todas as escolas de Sobradinho II, o que proporcionou conforto e segurança aos alunos.
  • Criação do Centro de Ensino Fundamental 09 (ação permitirá a criação de novas vagas).
  • Inauguração do Centro de Educação da Primeira Infância (CEPI) (AR 03, Lote 03, Setor Oeste). Araça-Mirim, em Sobradinho II. A unidade tem capacidade de atendimento para 150 crianças, sendo 16 berçários, 60 crianças Maternal I e 74 Maternal II. Possui oito salas e parquinho infantil. O valor investido, resultante de parceria entre governo federal e Governo do Distrito Federal, foi de R$ 2.537.425,28.

Infraestrutura e saneamento

  • Construção de estação elevatória de esgotos no Setor ARIS – Buritis, atende 441 lotes residenciais e um institucional.
  • Instalação de rede de esgoto da 1ª Etapa da Região do Grande Colorado em Sobradinho II, Setor Boa Vista I, II, III e IV e Condomínio Residencial RK. Cerca de 14 mil beneficiados.
  • Infraestrutura de bacias de contenção de águas pluviais, esgoto, pavimentação, calçadas com bloquetes e asfalto no Buritizinho.

Escrituras

  • Entrega de mais de 2.500 escrituras do Buritizinho e da QR 02 (depois de uma espera de mais de 15 anos).
  • Entrega de 3.139 escrituras relativas à regularização de imóveis em área de interesse social.

Cidades Limpas

  • O programa realizou operação em Sobradinho II e na Fercal, de 3 a 13 de abril de 2017, com os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 4.448 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 75 unidades
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 167 unidades
  • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.701 unidades
  • Poda de árvores: 517 unidades
  • Tapa-buraco: 56,37 toneladas

EM ANDAMENTO

  • Reforma da Feira de Sobradinho II.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora no Sol Nascente sabe o quanto essas mudanças impactaram sua vida: 

INFRAESTRUTURA

  • Execução de 100% das obras de drenagem, pavimentação e implantação de meios-fios no Trecho 1 do Sol Nascente. Investimentos: R$ 58,8 milhões.
  • 243 ruas pavimentadas (44 km no total)
  • 25,2 km de redes de drenagem, 3 lagoas de detenção e 6 lançamentos diretos
  • 64 km de meios-fios
  • 800 m² de calçadas
  • Execução de 85% das obras de drenagem e 48% de pavimentação no Trecho 2 do Sol Nascente, onde serão construídos no total 30,3 km de redes de drenagem, três lagoas de retenção e pavimentação de 493,5 mil m² de vias – o equivalente a 70 km de vias de 7 metros de largura. Investimentos: R$ 95,5 milhões
  • Execução de 45% das obras de drenagem no Trecho 3 do Sol Nascente, onde serão construídos 21,3 km de redes de drenagem, com três lagoas de retenção, e 450,5 mil m² de pavimentação. Investimentos: R$ 66 milhões
  • Inauguração da Avenida das Palmeiras, principal via do Sol Nascente. Foram executados 1,2 km de pavimentação, 2,4 km de meios-fios e 1,2 km de drenagem para escoamento das águas pluviais.

ILUMINA MAIS BRASÍLIA  

  • Via atrás da Fundação Bradesco (Trecho I – Sol Nascente – Ceilândia)
  • Extensão da Via: 1,0 Km
  • Substituição de luminárias: 26 (250W) —-por—- 52 (120W)
  • Economia: 11,52%
  • Investimento: R$91.446,40

Via de Acesso Avenida das Palmeiras (Trecho I- Sol Nascente-Ceilândia)

  •                 Extensão: 1,2km
  •                 Substituição de luminárias: 50 (250W) —-por—- 50 (120W)
  •                 Economia: 55,76%
  •                 Investimento: R$114.308,00

Via Principal – da Feira do Produtor até o final – (Trecho I – Sol Nascente – Ceilândia)

  •                Extensão: 2,7 km
  •                Substituição de luminárias: 95 (250W) —-por—- 95 (120W)
  •                Economia: 56,76%
  •                Investimento: R$ 217.185,20

Via Principal VC 311 (Trecho II – Sol Nascente – Ceilândia)

  •                 Extensão: 3,5km
  •                 Substituição de luminárias: 104 (400W) —-por—- 104 (280W)
  •                 Economia: 35,48%
  •                 Investimento: R$381.024,80

Via entre o Terminal P. Norte até a Escola Classe (Trecho III – Sol Nascente – Ceilândia)

  •                 Extensão: 3,3km
  •                 Substituição de luminárias: 64 (250W) e 71(100W) —-por—-          135 (120W)
  •                 Economia: 35,36%
  •                 Investimento: R$675.555,15

Mais Iluminação

  • Iluminação – Sol Nascente Quadra 501 – campo sintético e PEC (instalação de 9 postes de 16mts com luminárias de 400W 2 pétalas)
  • Iluminação – Sol Nascente Chácara 151 Trecho 3 (instalação de 6 braços e 3 postes de aço com luminária e lâmpada de 150W)
  • Iluminação no Sol Nascente com instalação de 400 lâmpadas (instalação de 400 braços com luminárias e lâmpadas de 150W)

RESÍDUOS E CATADORES

  • Instalação de dois papa-entulhos (Setor N QNN 29 AE G/K e SH Sol Nascente Lt S/n)
  • Instalação de 25 papa-lixos no Sol Nascente (estão previstos outros 22) garante a coleta regular de lixo em pontos de difícil acesso aos caminhões de coleta

RESTAURANTE

  • Inauguração do Restaurante Comunitário do Sol Nascente (QNR 1, Área Especial 2): alimentação adequada a preço acessível.

SAÚDE

  • Construção de Unidade Básica de Saúde – UBS na Q 500 do Sol Nascente, onde serão prestados serviços de atendimento médico, enfermagem, odontológico, vacinação, curativos, entrega de medicamentos, entre outros. Previsão de entrega: junho/2018.

ESPORTE E LAZER

  • Construção de campo sintético society na Quadra 501 do Sol Nascente: espaço para competições esportivas e lazer dos moradores.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora em Taguatinga sabe o quanto essas mudanças impactaram na sua vida:

Saúde

  • Inauguração da Central de Quimioterapia do Hospital Regional de Taguatinga. A equipe vai preparar soluções quimioterápicas conforme a prescrição indicada para cada paciente. A estimativa é que sejam feitas cerca de 140 preparações por dia. A central funcionará diariamente: de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas e, aos sábados e domingos, das 7 às 13 horas.
  • Inauguração da Sala de Medicação Dia do Hospital Regional de Taguatinga, com o objetivo de diminuir o tempo de internação e melhorar a qualidade de vida dos pacientes que necessitam de terapia medicamentosa.
  • Reforma do Hospital Regional de Taguatinga, englobando banheiro, copa da Unidade de Pediatria, Unidade de Cardiologia, UTI – Adulto e Corredor da Nefrologia.

Educação

  • Inaugurado o Centro de Educação Infantil 07 (QSD 32), com capacidade de atendimento de até 220 crianças de 4 e 5 anos e 80 da educação precoce.

Mobilidade

  • Inaugurados dois terminais de ônibus urbanos (na QSF Setor D/Taguatinga Sul, e na QNM 42/M Norte), equipados com plataformas de embarque, estacionamento, paraciclos, lanchonete e banheiros com acessibilidade.
  • Inversão de trânsito nas Avenidas Comercial e Samdu, que passaram a ter sentido único e a velocidade caiu a 50 km/h.

Escrituras

  • Entrega de 1.289 escrituras (712 de regularização de interesse social e 577 da antiga SHIS).

Cidades Limpas

  • O programa realizou duas edições na cidade, em junho e setembro de 2017 (totalizando 45 dias de trabalho), com os seguintes resultados:
  • Recolhimento de entulhos: 17.290,2 toneladas
  • Limpeza de boca de lobo: 1,023
  • Manutenção de lâmpadas queimadas: 570
  • Imóveis visitados/inspecionados (combate ao Aedes aegypti): 16.600
  • Poda de árvores: 4.743
  • Tapa-buraco: 550 toneladas
  • Recolhimento de carcaças: 80 unidades

E mais

  • Construído o Hospital Veterinário Público do Distrito Federal – HVEP, no Parque de Uso Múltiplo do Cortado, com recursos privados de compensação ambiental. O hospital, sob gestão da Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais – Anclivepa, tem capacidade inicial para 400 atendimentos diários de cães e gatos, sobretudo pertencentes a famílias de menor renda ou inscritas em programas sociais.
  • Inauguração de unidade do Simplifica PJ, num único espaço estão reunidos órgãos dos governos federal e local, além do Sebrae-DF, para agilizar licenciamento, abertura e regularização de empresas.
  • Reformado o Conselho Tutelar de Taguatinga (C12, Área Especial S/N – Taguatinga Centro) e a Unidade de Semiliberdade (Área Especial 24 Setor D Sul – Samdu).

EM ANDAMENTO

Saúde

  • Reformada a Farmácia Antineoplásica, que fornece remédios para o combate a células cancerosas, do Hospital Regional de Taguatinga – HRT.

Esporte, lazer e qualidade de vida

  • Cobertura da quadra poliesportiva da Escola Classe 13 de Taguatinga (QSF 05 – AE 02).
  • Revitalização da Praça da QNG 45 (previsão de conclusão para o 1º semestre/2018), contemplando área de convivência, iluminação, parque infantil, quadra poliesportiva, bicicletário, calçamentos e ponto de encontro comunitário – PEC.

Mais:

  • Iluminação de LED – Pistão Norte, Hélio Prates, QNL, Praça do Relógio.
  • Revitalização de diversas praças, entre elas: Praça do Relogio, Coreto, QSF 13, QNL 14, QNL 28, QNM 34/36.
  • Inauguração do Espaço da Mulher – atendimento psicológico, Juridico, assistente social, para mulheres em situação de violência doméstica. E, cursos, palestras, oficinas sobre empreendedorismo.
  • Projeto Descobrindo Talentos – curso de capacitação para os terceirizados da FUNAP sobre empreendedorismo.
  • Projeto Movimenta Taguatinga – educação física nas principais praças de Taguatinga.
  • PEGA ENTULHO – Servico agendado de coleta de entulho nas residências, no telefone 3451.2521.
  • Memorial de Taguatinga – espaço cultural na Administração de Taguatinga que conta a história da cidade.
  • Projeto Administração Presente – revitalização de uma praça próxima a uma escola de educação infantil, em que é realizada uma ação social e uma palestra contra atos de pedofilia para as crianças.

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam a demandas históricas da população. Você que mora no Varjão sabe o quanto essas mudanças impactaram na sua vida:

 Urbanização

  • Recuperação de vias urbanas.
  • Revitalização de paradas de ônibus com arte em grafite.

 Regularização fundiária

  • Entrega de 848 escrituras relativas à regularização de imóveis em áreas de interesse social.

 Social

  • Reformado o Conselho Tutelar do Varjão.

 Cidades Limpas

  • Na edição do programa no Varjão (em setembro de 2017) foram obtidos os seguintes resultados:
    • Recolhimento de entulhos: 990 toneladas
    • Limpeza de boca de lobo: 22 unidades
    • Manutenção de lâmpadas queimadas: 12 unidades
    • Imóveis visitados/inspecionadas (combate ao Aedes aegypti): 1.064 unidades
    • Poda de árvores: 18 unidades
    • Tapa-buraco: 29,34 toneladas
    • Recolhimento de carcaças: 1 unidade

Nos últimos três anos, o Governo do Distrito Federal executou obras e ações que melhoraram a prestação de serviços públicos e atenderam demandas históricas da população. Você que mora em Vicente Pires sabe o quanto essas mudanças impactaram a sua vida:

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

  • Lançamento de edital de convocação dos moradores do Trecho 3 de Vicente Pires, antiga Colônia Agrícola Samambaia, para participar do programa de venda direta e, assim, regularizar a situação de 2.992 lotes residenciais.
  • Venda direta em Vicente Pires:
    • – 2.990 lotes disponibilizados no edital da venda direta
    • – 2.498 propostas apresentadas
    • – 83,5% de adesão

CIDADE LIMPAS

  • O programa Cidades Limpas passou por Vicente Pires entre 23 de abril a 4 de maio de 2018, produzindo os seguintes resultados:
    • Remoção de entulho mecanizado: 44.468 toneladas
    • Remoção manual de galhos: 36m³
    • Tapa buraco: 88,95 toneladas de massa asfáltica
    • 157 árvores podadas
    • 12 fiscalizações da Agefis
    • 355 faixas retiradas
    • 14 reparos na rede elétrica
    • 3.561 imóveis inspecionados trabalhados
    • 795 imóveis fechados
    • 64 imóveis inspecionados tratados
    • 6.539 depósitos inspecionados
    • 29 depósitos inspecionados tratados
    • 24 carteiras de identidade emitidas
    • Fresagem de meio-fio: 1.750 m²
    • Pintura de meio-fio: 120.000 metros lineares
    • Entrega do primeiro jardim comunitário, numa área próxima à administração regional onde houve plantio de mudas ornamentais, flores e a colocação de grama, após limpeza do terreno

EM ANDAMENTO

  • Adequação e recuperação das redes de esgoto (incluindo travessias aéreas) – previsão de conclusão para o 1º semestre de 2018. O sistema beneficiará cerca de 70 mil habitantes. Vicente Pires era uma comunidade que não tinha redes de esgoto.
  • Implantação de infraestrutura urbana básica: 185,6 km de drenagem pluvial e 253,4 km de pavimentação asfáltica em vias com cerca de sete metros de largura, além de calçadas e meios-fios ao longo dessas vias. Com o sistema de drenagem (inclui bacias de qualidade e detenção), a água das chuvas será lançada nos córregos Samambaia e Vicente Pires, com menor impacto ambiental. A falta de drenagem ao longo dos anos provocou assoreamento do Lago Paranoá. As obras começaram pela Gleba III, próximo ao Jóquei Clube, avançaram pela Gleba I, nas imediações da Estrada Parque Taguatinga (EPTG) e do Pistão Norte (na antiga Colônia Agrícola Samambaia) e beneficiarão cerca de 75 mil pessoas. Investimento previsto: R$ 463 milhões (desse total, R$ 397 milhões da Caixa Econômica Federal e outros R$ 65 milhões de contrapartida do governo de Brasília).
  • Construção de ciclovia na rodovia DF-085 (EPTG), do entroncamento com a DF-003 até o entroncamento com a rodovia DF-001 (EPCT), ligando Vicente Pires a Águas Claras, além de outras intervenções (calçadas partilhadas, sinalização, readequação das paradas de ônibus das marginais) num total de 25,7 km de extensão.